OPcached para melhor performance em quesito velocidade

PHP 7 + OPcache acelera websites visivelmente

O PHP 7 acelera sites dinâmicos em mais de 100% em comparação com o PHP 5.6 por meio do cache OpCode e um motor Zend otimizado.

Para os seus visitantes, isso significa uma melhor experiência do usuário devido à configuração mais rápida da página, para o seu site uma melhor classificação no Google devido à maior velocidade da página.

Melhorias de velocidade no PHP 7

O PHP 7 alcança o enorme aumento de velocidade principalmente por meio de melhorias no Zend Engine, cache OpCode estendido, uma estrutura de dados aprimorada e, portanto, requisitos de memória reduzidos e gerenciamento de memória mais eficiente.

Como funciona o cache de OpCode

Normalmente, os scripts PHP são compilados em tempo de execução. Parte do tempo de computação é necessária para converter o código. Com o OPcache, esse cálculo é executado apenas uma vez e o script pré-compilado e legível por máquina (calculado) é armazenado em um cache. O script pode ser carregado deste cache na velocidade da luz, se necessário. Na maioria dos casos, isso leva a melhorias consideráveis ​​de velocidade.

Especialmente os sites maiores podem lidar com muito mais solicitações simultaneamente com o OPcache ativado – uma vantagem importante para sites corporativos e aplicativos de comércio eletrônico.

Preparando para mudar para PHP 7

O PHP 7 oferece compatibilidade muito boa com versões anteriores do PHP – portanto, a probabilidade de que os aplicativos e scripts existentes funcionem é alta. No entanto, recomendamos testar sites, plug-ins e scripts com PHP 7 antes de usar o PHP 7 em ambientes de produção.

Habilite OPcache via php.ini

Depois de mudar para o PHP 7, você pode habilitar o OpCode Caching (OPcache) para seus sites, mas você também pode sim usar o OPCache em seu PHP 5.6, mas não obterá o mesmo desempenho se fosse PHP 7.

Personalizar php.ini

Abra o diretório principal do seu site via SFTP e abra o arquivo php.ini.

Todo o conteúdo do  php.ini  deve ficar assim após esta etapa:

opcache.enable=1
opcache.enable_cli=0
opcache.memory_consumption=512
opcache.interned_strings_buffer=64
opcache.max_accelerated_files=50000
opcache.max_wasted_percentage=15
opcache.use_cwd=1
opcache.validate_timestamps=0
opcache.revalidate_freq=0
opcache.save_comments=1
opcache.fast_shutdown=1
opcache.mmap_base=0x20000000
opcache.file_cache_fallback=1

As demais linhas pode manter desativadas. Para um melhor entendimento técnico você pode acessar o manual do opcache neste link: https://www.php.net/manual/pt_BR/opcache.configuration.php

Para ativar as configurações abaixo, recomendo ter um servidor dedicado com uma configuração enxuta, sem WHM ou PLESK, rodando apenas LAMP com o mínimo de 4 GB de memória e claro um bom processador. Caso você tenha WHM, PLESK ou até seja um WAMP, MAMP ou XAMPP, então procure pensar acima de 8GB de memória. Lembrando que a ideia aqui é pensar em VELOCIDADE e DESEMPENHO. Se for um servidor compartilhado, por favor, ignore todas essas recomendações deste artigo.

Salve o arquivo  php.ini e envie-o de volta ao seu espaço web.

Como verificar se o OPcache está ativo para o seu site

Depois de ativar o OPcache para o seu site e acessá-lo algumas vezes, você pode simplesmente verificar se o cache funciona corretamente.

Crie em seu diretório principal um documento com o seguinte nome: info.php

Insira dentro dele o código abaixo:

<?php
phpinfo();
?>

Salve o arquivo e envie para o seu servidor, diretório principal. Feito isso, abra o www.seudominio.com.br/info.php

Você deverá visualizar algo como isso:

Escrito por:

Ely Ezer

Após anos gerenciando milhares de reais investidos todos os anos em Tráfego Pago impulsionando diversas empresas e negócios de pequeno a grande porte, decidi compartilhar gratuitamente parte deste conhecimento focado para alavancar as vendas do seu negócio utilizando das técnicas e ferramentas mais eficientes do marketing digital.

Ver todos os posts

Send this to a friend